"De perto, ninguém é normal. / From up close nobody is normal." (Caetano Veloso)

Saturday, April 5, 2008

Ana Gori no Studio




Single recém-lançado. Um trabalho primoroso, com a participação de Djs que remixaram One More Day, uma das quase 50 composições. Quem fez essa proeza musical atende pelo nome de Ana Gori.
Ela é uma das artistas mais ouvidas no site Last FM, um dos principais portais de música independente da rede.São 9 anos de estudo em canto, com passagem pela Babaya, a primeira escola de Minas Gerais voltada exclusivamente para o canto popular. Ana toca violão desde os 7 anos de idade e mostra muita técnica na composição das melodias. Dentre os parceiros, está Marisa Narciso, DJ paulista. Sobre Ana, ela diz: "cantora e compositora talentosíssima, que fez com que minha música 'Full Rebirth' se tornasse uma realidade. Tudo que eu tinha era a letra e uma intenção de melodia. Ela criou toda o arranjo, a música e adicionou seu violão e voz. Que talento!"
Talento que conseguimos perceber em todas as notas de canto e melodia compostas e tocadas de forma maestral porAna. A cantora conversou com o Estúdio ao Vivo numa entrevista exclusiva e falou um pouco sobre a carreira, o trabalho com DJs e o novo lançamento One More Day, produzido por André Veloso.
Tom Hertz · Como você define o estilo da sua música?
Ana Gori · Bom, essas questões de definições são complexas porque levam a rotular o seu trabalho nesse ou naquele estilo. Eu tenho muitas influências e todas elas estão expressas no meu trabalho. Posso dizer que passo pela Bossa-Nova, com todos os toques da Black Music, posso até chegar ao Clássico, se bobear.
Tom Hertz · Como você adquiriu a identificação com a música internacional?Ana Gori · A música internacional veio pra minha vida de forma natural, meio sem explicação. Gosto do inglês, acho as palavras melódicas, fáceis de cantar, muito mais fácil que o português. Talvez essa tenha sido minha primeira atração pela língua estrangeira. Depois que eu comecei a estudar canto é que eu entendi melhor um monte de coisas e lógico, gosto do português também. Tenho muitas composições.
TH· Suas composições que estão disponíveis no Youtube são voz e violão. A One MOre Day tem um formato bem diferente. Qual o motivo desta mudança?
AG · Eu queria divulgar meu trabalho, mas sendo idenpendente usei o que eu tinha, voz e violão e um computador para registrar tudo. Então as músicas que estão no YouTube são Demos. A partir disso, as pessoas ouviram, gostaram e eu pensei: Poxa, agora tenho que fazer algo mais trabalhado, mais profissional. A composição de One More Day também foi no violão, mas eu já imaginava uma coisa bem black pra ela.
TH · Então sua relação com Djs começou aí?
AG · Sim, minha relação com os Djs começou quando pensei que One More Day daria um excelente remix. Apesar de já prestar atenção no trabalho de alguns Djs bem famosos por aí que criam uma outra música. Tem uns muito bons.
TH · Com quais você trabalhou?
AG · Tenho trabalhado com o Dj Inn3rflow que é da Macedônia e fez o remix do meu próximo lançamento: "Aquela Estrada, Aquela Canção". Para One More Day estou trabalhando com o Dj Nickelodeon e o Dj InfallibleSun. Além dos Dj Ronaldo S. e Dj Blush!
TH · Este novo lançamento você pretende lançar com o mesmo estilo da One More Day?
AG · Por ser uma bossa-nova, essa música é muitíssimo bem aceita no exterior. Disponibilizei para download a pré-produção, mas ela ainda não está finalizada. Para o lançamento, pretendo utilizar essa mesma base apenas com outros instrumentos suaves para não tirar a carcteristica da música. Quero simplicidade. Ela será como One More Day, lançada em single.
TH · Como é o processo de composição com os Djs?
AG · Eu não entendo nada sobre remixar músicas. Escuto, sei o que me atrai e o que não. Então, dou a música e digo, essa tem mais cara de lounge, essa mais thecno, mas eles criam tudo com absoluta liberdade. Eu só interfiro se realmente não estiver gostando, o que não tem acontecido.
TH · E como vc estabeleceu relação com eles pra produzir músicas juntos?
AG · O que acontece é que escuto as músicas deles e gosto, converso, vejo qual o nível de profissionalismo. Se as nossas afinidades musicais forem altas, trabalhamos juntos.
TH · Como foi o processo de gravação da One More Day?
AG · Foi bacana... Entrei em estúdio [independente, da banda Constantina] para gravar o violão e levei a idéia praticamente pronta para o produtor [André Veloso]. Ele escutou e reproduziu o que eu queria com a bateria eletrônica. Depois peguei o feeling e coloquei a voz e os backing vocals.
TH · E como vc sente essa divulgação que está fazendo da música? Já tem um bom feedback?
AG · Bom, para uma artista independente que não tem assessoria de marketing e conta com a boa vontade dos ouvintes e amigos, está sensacional! Tenho recebido excelentes críticas.
Para ouvir um pouco mais de Ana Gori, baixe a música One More Day. Amanhã você poderá ouvir a canção direto do blog. A arte é de André Pacheco, a quem agradeço por intermediar o contato com a Ana.
Por Lara Marx











No comments:

Search This Blog

Loading...

My Slideshow

Welcome ! [by Marisa]

Mika

Mika

Sweety

Sweety
Tears In Heaven

Videos

Loading...