"De perto, ninguém é normal. / From up close nobody is normal." (Caetano Veloso)

Friday, June 29, 2007

The New 7 Wonders


Christ Redeemer (1931)
Rio de Janeiro, Brazil

This statue of Jesus stands some 38 meters tall, atop the Corcovado mountain overlooking Rio de Janeiro. Designed by Brazilian Heitor da Silva Costa and created by French sculptor Paul Landowski, it is one of the world’s best-known monuments. The statue took five years to construct and was inaugurated on October 12, 1931. It has become a symbol of the city and of the warmth of the Brazilian people, who receive visitors with open arms.

In short - vote for Christ Redeemer, because it stands for - Welcoming & Openness!
For more information, click
here.
To see the World Tour visit, click here.

Thursday, June 28, 2007

Inverno

Receita Junina:

Quentão

INGREDIENTES:
1 garrafa de cachaça (600 ml)
600 ml de água
1/2 kilo de açúcar
casca de duas laranjas
casca de um limão
50 gramas de gengibre em pedacinhos
cravo da índia à gosto
canela de pau à gosto
1 maçã cortada em pedacinhos

40min
8 porções

MODO DE PREPARO:
Colocar em uma panela grande o açúcar, as cascas de laranja o limão o gengibre,
o cravo e a canela quando o açúcar estiver derretendo colocar a cachaça e a água,
deixando cozinhar por 20 à 25 minutos em fogo médio.
Filtre, e após coloque a maça picadinha.
Manter no fogo, após o preparo.

Muito bom, já tomei muitas vezes. Agora, esclarecendo: O conhecido como Quentão para os Paulistas (mostrado acima), pra mim (catarinense) é vinho quente. O verdadeiro quentão pra mim é feito com vinho tinto !
Caipira (ou cachaceiro) também tem regionalismos, rs...

E tá um frioooooo
brrrrrr

*

Sunday, June 24, 2007

Férias !!



Férias merecidas !
Curtinhas, mas bem vindas !
Volto já !
E renovada, se Deus quiser !
:) :) :)

O Mundo é um Moinho

O Mundo é Um Moinho

Composição: Cartola

Ainda é cedo amor
Mal começaste a conhecer a vida
Já anuncias a hora da partida
Sem saber mesmo o rumo que irás tomar
Preste atenção querida
Embora eu saiba que estás resolvida
em cada esquina cai um pouco tua vida
Em pouco tempo não serás mais o que és
Ouça-me bem amor
Preste atenção o mundo é um moinho
Vai triturar teus sonhos tão mesquinhos
Vai reduzir as ilusões à pó
Preste atenção querida
Em cada amor tu herdarás só o cinismo
Quando notares estás à beira do abismo
Abismo que cavastes com teus pés



Essa letra é incrível e você deveria prestar atenção, querida.
Porque o mundo é aquilo que cada um faz.
Ouça-me bem.

Saturday, June 23, 2007

Hey, Miss DJ

Demais !

Só os primeiros passos... Mas delicia !

Obrigada pelo apoio e creditos, mestres !

Vamos aprendendo... ;)

Parece que a galera curtiu ! Fofos demais !!

Ainda estou atras de um belo programa PRO de Audio. Na net a maioria é Trial.

E claro que preciso aprender a mexer, porque os programas não são simples.

Se alguem quiser fazer uma doação, estou aqui ! rs

:)

Friday, June 22, 2007

Blue Man Group



Eles são enigmáticos, altos, calvos e sobem ao palco completamente pintados de azul. Este é apenas o cartão de visitas do Blue Man Group, que oferece ao público um espetáculo que mescla música, vídeo, pintura, circo, teatro, animação e performance. O Blue Man Group lançou a turnê mundial em setembro de 2006. No espetáculo que será apresentado no Brasil, How to Be a Megastar 2.0, o grupo descontrói com muito humor as características principais de um grande concerto de rock e a atitude de grandes astros roqueiros. Um dos momentos preferidos do público nas apresentações da trupe, que tem espetáculos fixos nos EUA, Canadá e Europa, são as performances com instrumentos musicais totalmente inusitados, como o que utiliza sons extraídos de tubos de PVC, antenas de fibra de vidro, cítaras e pianos desmontados.
Informações:
(INFORMAÇÕES)
Site:
http://www.blueman.com
Preço(s):
R$ 60,00 a R$ 320,00
(meia-entrada para estudantes e terceira idade).
Data(s):
22, 23, 24, 27 a 30 de junho e 1º de julho.
Horário(s):
sexta, 17h e 22h; sábado, 17h e 22h;
domingo, 16h e 20h; quarta e quinta, 21h30.
These guys are really off the hook !! And this is not out of the blue... :p
I guess it´s all about talent !



Tuesday, June 19, 2007

Cat Robot





Let me go silly here .... :p

I thought they seem great !

Não são "kawaii" ? :)

I´d love to have one of them...
No heavy-conscious anymore, for leaving the house alone for days and a starving cat =p
Yeah, I can be reckless...
But I am great at petting them :p
Oh, I just miss having a cat, but can´t really care for one right now.
I love cats and love technology as well... Why not a combo ?! LOL
=p

Sunday

Sunday Morning [Maroon 5]





Great song !
Sunday... what about Sunday evening, hun ?
;p

Friday, June 15, 2007

Estilo




um vestidinho adquirido em um brechó. "
ou pouco mais de 50 reais."
Nada como ser Jolie !
Très Jolie !

Monday, June 11, 2007

Fim de Semana

Assim como me defino e reconheço "paradoxal",
assim caminha minha vida !

Fim de semana m-a-r-a-v-i-l-h-o-s-o
e p-é-s-s-i-m-o ao mesmo tempo !!!

Afe !

Deixa eu falar... a-m-o e o-d-e-i-o todos vocês, tá ?! :p

Que coisa ! [com direito à carão]

Tá... sábado foi tudo, fica assim ! O resto a gente apaga ! Sublima... rs

beju-e-naum-miliga que eu to A-C-A-B-A-D-A !

/... /

Friday, June 8, 2007

Politicamento Correto ... Ou Hipocritamente Político ?!

Achei esse artigo ótimo ! Ele não fala tudo, nem daria... Mas pontua muito bem alguns fatos que acho que merecem maior reflexão. O que é melhor: ser sério e frio e aparentemente correto o tempo todo ou deixar o lado humano e caloroso, mesmo sabendo que ele pode machucar mais, brincar por aí ? Será que perdemos a espontaneidade ?


Jeito perigoso de falar
[Reinaldo Polito]

Mesmo que você não tenha intenção de ofender ninguém, esteja sempre atento, pois seu jeito de falar pode não ser considerado politicamente correto.
Vamos começar pelo número de primaveras que você já comemorou. Você dobrou a linha dos 40? Já? Huumm, com essa idade sua situação é delicada e vai exigir cuidados redobrados com a história do politicamente correto.
Explico. Você é de uma época em que tratar o amiguinho de rua por negão ou por pretinho, por japinha, por alemão, era de uma naturalidade tão ingênua que ninguém se incomodava. Lembro-me de quando era garoto, por gostar muito de futebol, todas as vezes que um time grande ia jogar contra a Ferroviária, em Araraquara, eu ficava plantado na porta do vestiário só para observar a saída dos jogadores. Especialmente os craques do Santos e do Palmeiras, que no final dos anos 1950 e início da década de 1960 ganhavam praticamente todos os títulos que disputavam. Certa vez eu estava observando os jogadores do Santos entrarem no ônibus e alguns perguntaram onde estava o Zito. Vários responderam quase ao mesmo tempo: ele foi de carro com o Negão. Esse "Negão" era o Pelé. Era assim que os companheiros de clube naturalmente o tratavam. Com os meus amigos de infância não era diferente. Tive muitos amigos negros. Quando passavam em casa (ou di casa, como diziam no meu bairro), deixavam recado com a minha mãe: avisa que o negão, ou o pretinho, passou "daqui".
Passados alguns anos, a história foi se transformando. Tratar as pessoas usando termos ou expressões que identificavam a cor da pele ou a origem racial passou a ser politicamente incorreto. Num primeiro momento, houve uma fase de transição. No finalzinho da década de 1960 e princípio dos anos 1970, as pessoas começaram a mudar o jeito de falar. Por exemplo, o tratamento passou a ser "pessoa de cor". Durou pouco essa tentativa, pois a questão que se levantava era curiosa: "Pessoa de cor? Mas de que cor você está falando?" Essa observação demonstrava que o novo tratamento também era visto como preconceituoso. Esse período foi bastante delicado para o pessoal mais veterano. Eles não sabiam como agir. Porque não era só uma questão de mudança de hábito, o problema é que eles não tinham a mínima noção de como se comportar. Afinal, como chamar o velho amigo que sempre foi tratado por negão, ou japinha, ou alemão? Tanto não havia desrespeito ou agressão que eles nunca se incomodaram. Ao contrário, todos encararam esse tratamento como uma indicação carinhosa de relacionamento.Quando se iniciou o processo de repúdio a esse tratamento, eu me lembro de ter conversado com alguns dos meus amigos negros (cito os amigos negros porque era muito raro encontrar descendentes da raça amarela no Jardim Primavera, que era o bairro onde eu morava lá em Araraquara), para saber se eles se incomodavam com a forma como sempre foram chamados, e todos disseram que encaravam como forma carinhosa e demonstração de amizade.Hoje aqui, puxando pelo pensamento, não consigo mesmo imaginar como é que o Jurandir poderia ficar chateado com o Serjão, menino de paz e amigo de todo mundo, quando este o convidava com sua voz chorosa: "Oh, Negão, vamos bater loca comigo, vai?" Para quem não sabe, bater loca era a "aventura" de pegar peixe cascudo com as mãos nos buracos (locas) que ficavam nas paredes das margens do rio.Pouco tempo depois, curiosamente, dizer que a pessoa era negra, amarela ou branca também passou a ser visto por alguns como tratamento preconceituoso. Aí os quarentões quase piraram.
E agora, como falar? Afro-brasileiro, nórdico, oriental? O pior da história é que esses tratamentos condenados são usados por quem tem mais de 40 sem maldade e com a mesma espontaneidade de sempre. Só que agora são tachados de criminosos. Sim, porque agora é lei, um crime inafiançável. Antes que os descontentes de plantão se voltem contra mim, quero esclarecer: não estou discutindo o mérito da lei que trata do preconceito. Eu também luto para que essa agressão seja combatida, repudiada e tenha um fim. O que estou discutindo é a situação daqueles que foram criados e formados dentro de uma cultura em que determinadas atitudes eram vistas e aceitas com naturalidade, mas que agora precisam mudar o registro, mesmo não existindo a mínima intenção de agredir. Você ainda é novinho e não entrou na casa dos 40? Então não deve redobrar, mas sim quintuplicar os cuidados com o politicamente correto. O motivo é óbvio. Quem tem menos de 40 já foi educado numa sociedade consciente de que tratar as pessoas pela cor da pele ou origem racial é demonstração evidente de preconceito. Portanto, se cometer esse deslize, não terá desculpa - errou sabendo que estava errando.
Mas qual é o objetivo dessa minha reflexão? Simples. Ao falar em público, seja diante de uma grande platéia, ou para poucos interlocutores, tenha em mente que ser politicamente correto não é sempre conversa de gente chata que não tem o que fazer na vida. É um cuidado que precisamos ter para considerar o próximo, com suas características, anseios, formação e experiências. Por outro lado, não há como esconder o fato de que existe muita gente hipócrita por aí. São aqueles encrenqueiros que adoram uma confusão: tomam tudo ao pé da letra e se dedicam a vigiar cada sílaba do que é dito para cair de pau em cima do desavisado. Como dizia a minha querida professora de arte doutora Marlene Fortuna: "Dá uma enxada para ele, porque o que falta aí é serviço". Entretanto, não se pode vacilar com essa questão. Uma palavra meio atravessada pode comprometer o resultado de uma apresentação. Comece a observar seu jeito de falar, especialmente nas conversas informais, pois a forma como nos comunicamos com as pessoas mais próximas, com pequenas adaptações, é a que também utilizamos para falar em público. Você não precisa nem deve se tornar um chato ou um paranóico como alguns bobinhos que andam por aí à caça de assombrações. Mas fique antenado. Tenho larga experiência nesse tema.
Só para dar um exemplo: quando escrevi o livro "Como falar Corretamente e Sem Inibições", que está na 111ª edição e acaba de comemorar 20 anos de existência com mais de 500 mil exemplares vendidos, tive um problema. No capítulo referente ao medo de falar em público, usei uma citação de um dos mais importantes nomes da história da psicologia, o ex-professor da Getúlio Vargas e renomado conferencista Emílio Mira Y. Lopes. Em uma passagem da sua famosa obra "Quatro Gigantes da Alma", o autor afirma que o medo é o gigante negro. Fiquei atordoado com as cartas que recebi dos leitores me acusando de ser preconceituoso. Observe que fui acusado de ser preconceituoso apenas por usar uma citação extraída da obra desse conceituado estudioso. Se você analisar o livro a partir da quarta edição, vai observar que acrescentei uma nota de rodapé com a seguinte explicação: Emílio Mira Y. Lopes, na sua obra Quatro Gigantes da Alma, identifica cada gigante por uma cor característica - o medo é negro, a ira é rubra, o amor é róseo e o dever é incolor.
Eu, hein! Diante desse campo minado, construído por alguns extremistas exagerados, recomendo que você também tome cada vez mais cuidado para não ser visto como uma pessoa politicamente incorreta. Mas, com equilíbrio, sem paranóia ou hipocrisia.
SUPERDICAS DA SEMANA
- Saiba o que é considerado politicamente incorreto
- Treine nas conversas informais evitar o uso de informações politicamente incorretas
- Observe como o público reage diante de mensagens politicamente incorretas
- Não faça brincadeiras relacionadas com sexo, religião ou origem racial
- Trate as pessoas com o respeito que gostaria que elas o tratassem
→ Obra de minha autoria que trata desse tema:
"Como Falar Corretamente e sem Inibições", publicada pela Editora Saraiva

Reinaldo Polito
é mestre em ciências da comunicação, palestrante e professor de expressão verbal.
Escreveu 15 livros que venderam mais de 1 milhão de exemplares

Thursday, June 7, 2007

The Secret: Preview

THE SECRET: Preview



Besides all the special effects and the selling goals behind
what one can see here, one thing´s always been clear:
our mind is powerful and the universe is always listening to us.

Para Ler II: "The Secret"



Muito Bom:
Um pouco repetitivo como todo livro filosófico,
mas não são nossos pensamentos cíclicos e repetitivos ?!

[Digamos que seu conteúdo merece no mínimo uma boa atenção]


Para Ler I: "Casais Inteligentes Enriquecem Juntos"



Ótimo: realista e prático
[Se todos enxergassem um pouco além,
o problema de distribuição de renda
começaria a se dissipar por si só...]

Wednesday, June 6, 2007

Pra MILLÔRá o mundo...

Millôr que me perdoe, mas vamos corrigir algumas coisitas...
O título de hoje em sua Revista Online (www.millor.com.br) diz:
"Então fica assim, os Três Poderes são o Legislativo, o Excecutivo e a Corrupção"
Nessa ciranda nada liberada para menores - apesar dos anões terem histórico - a ordem dos fatores altera o produto. Portanto fica assim: Os Três "Podreres" são A Corrupção, o Executivo e o Legislativo. O valor mais importante vem primeiro, seguido de sua operação e então de seu controle. Fica então registrado e comporvado nosso exemplo quanto país organizado. Nosso crime é mesmo muito organizado.
Pensando positivo: Pra "MILLÔR", só ele mesmo...
E viva as feista junina, qui aki é feista u anu todio !

Saturday, June 2, 2007

Bebuns II

Coisas que são DIFÍCEIS de dizer quando você está bêbado:

- Indubitavelmente.
- Preliminarmente.
- Proliferação.
- Inconstitucional.

Coisas que são EXTREMAMENTE DIFÍCEIS de dizer quando você esta bêbado:
- Especificidade.
- Transubstanciado.
- Verossimilhança.
- Três tigres.

Coisas que são TOTALMENTE IMPOSSÍVEIS de dizer quando você está bêbado:
- Puta merda que menina feia!!!!
- Chega, já bebi demais.
- Sai fora, você não é o meu tipo...

Bebuns I

MANUAL PRÁTICO

Como agir quando se bebeu demais e está com os seguintes sintomas:

SINTOMA: Pés frios e úmidos.
CAUSA: Você está segurando o copo pelo lado errado.
SOLUÇÃO: Gire o copo até que a parte aberta esteja virada para cima.

SINTOMA: Pés quentes e úmidos.
CAUSA: Você fez xixi.
SOLUÇÃO: Vá se secar no banheiro mais próximo.

SINTOMA: A parede a sua frente está cheia de luzes.
CAUSA: Você caiu de costas no chão.
SOLUÇÃO: Coloque seu corpo a 90 graus do solo.

SINTOMA: O chão está embaçado.
CAUSA: Você está olhando para o chão através do fundo do seu copo vazio.
SOLUÇÃO: Compre outra cerveja ou similar.

SINTOMA: O chão está se movendo.
CAUSA: Você está sendo carregado ou arrastado
SOLUÇÃO: Pergunte se estão te levando para outro bar.

SINTOMA: O local ficou completamente escuro.
CAUSA: O bar fechou.
SOLUÇÃO: Pergunte ao garçom o endereço de sua casa.

SINTOMA: O motorista do táxi é um elefante rosa.
CAUSA: Você bebeu muitíssimo.
SOLUÇÃO: Peça ao elefante que o leve para o hospital mais próximo.

SINTOMA: Você está olhando um espelho que se move como água.
CAUSA: Você está para vomitar em uma privada.
SOLUÇÃO: Enfie o dedo na garganta.

SINTOMA: As pessoas falam produzindo um misterioso eco.
CAUSA: Você está com a garrafa de cerveja na orelha.
SOLUÇÃO: Deixe de ser palhaço.

SINTOMA: A danceteria se move muito e a música é muito repetitiva.
CAUSA: Você está em uma ambulância.
SOLUÇÃO: Não se mova. Possível coma alcoólico.

SINTOMA: A fortíssima luz da danceteria está cegando seus olhos.
CAUSA: Você está na rua e já é dia.
SOLUÇÃO: Tente encontrar o caminho de volta para casa.

SINTOMA: Seu amigo não liga para o que você fala.
CAUSA: Você está falando com uma caixa de correios.
SOLUÇÃO: Procure seu amigo para que ele te leve para casa.

Friday, June 1, 2007

Harry Potter

Ilustração do 'Castelo de ’Hogwarts',
que fará parte do parque temático inspirado nas aventuras de Harry Potter.
O Mundo Mágico de Harry Potter será aberto em Orlando, na Flórida, em 2009


Parque temático de Harry Potter será inaugurado na Flórida

Um parque temático inspirado nas aventuras de Harry Potter será aberto nos Estados Unidos.
O Mundo Mágico de Harry Potter será inaugurado no resort dos estúdios Universal em Orlando, na Flórida, em 2009.

"Os planos que eu olhei parecem incrivelmente empolgantes e não acredito que os fãs dos livros ou dos filmes ficarão decepcionados", disse a autora da série, J.K. Rowling.
O parque terá brinquedos, lojas e atrações baseadas em Harry Potter como a escola de magia e bruxaria de Hogwarts e o vilarejo de Hogsmeade.

O produtor Stuart Craig, que trabalhou nos filmes de Harry Potter, está comandando os trabalhos de criação do parque temático para assegurar que ele seja fiel à visão de Rowling.
'Autêntico'

"Nosso objetivo primordial é assegurar que essa experiência seja uma extensão autêntica do mundo de Harry Potter como é mostrado nos livros e nos filmes", disse Craig.

A série de livros de Harry Potter foi traduzida para 65 línguas com mais de 353 milhões de cópias vendidas ao redor do mundo.

Os filmes, produzidos pela Warner Bros, arrecadaram mais de US$ 3,5 bilhões nas bilheterias do mundo.

O quinto filme da série, Harry Potter and the Order of the Phoenix (Harry Potter e a Ordem da Fênix), tem estréia prevista para 13 de julho.

O sétimo e último livro da série, Harry Potter and the Deathly Hollows (Harry Potter e as Insígnias Mortais), será publicado em 21 de julho.
[Fonte: UOL]


Search This Blog

My Slideshow

Welcome ! [by Marisa]

Mika

Mika

Sweety

Sweety
Tears In Heaven

Videos

Loading...